Wiki Donkey kong
Advertisement
Dixiekong

Arte de Dixie Kong do jogo Mario Super Sluggers para Nintendo Wii.

Dixie Kong é membra da Família Kong e personagem controlável em alguns jogos da série Donkey Kong, sendo a primeira personagem controlável do gênero feminino na mesma série. Ela é a irmã mais velha de Tiny Kong, a prima de Kiddy e Chunky Kong, e é também a namorada de Diddy Kong.

Aparência[]

Dixie Kong tem a aparência de uma chimpanzé[1], com olhos verdes e cabelos loiros, exibindo um rabo de cavalo e alguns cachos laterais. Ela se veste com roupas cor-de-rosa, sendo uma boina e uma camiseta regata, e também usa brincos da cor azul. Em algumas artes oficiais de jogos desenvolvidos pela Rareware[2], Dixie também possui um broche da cor amarela na parte da frente da boina com a forma do emblema da empresa.

História[]

Donkey Kong Country 2[]

Dixie Kong

Arte de Dixie Kong do jogo Donkey Kong Country 2.

Em algum momento anterior ao jogo Donkey Kong Country 2, Donkey Kong está aproveitando a praia da Ilha Donkey Kong, mas ele é sequestrado pelo Kapitão K. Rool e o Kremling Krew. Na praia, Dixie Kong e outros membros da família encontram uma carta de resgate exigindo o monte de bananas em troca do herói. Dixie e Diddy Kong, o namorado dela, se recusam e decidem ir ao lar dos Kremlings, a Ilha do Crocodilo, resgatar Donkey Kong eles mesmos.

No jogo, Dixie é uma dos dois personagens controláveis, assim como Diddy Kong. Diddy é controlado inicialmente na primeira fase, Pirate Panic do mundo Gangplank Galleon, e o(a) jogador(a) deve primeiro encontrar um Barril DK para atirar e quebrar, invocando a heroína. Em geral, o(a) jogador(a) pode controlar Dixie quando ela está na posição principal, seja por ela e Diddy trocarem de lugares ou o herói ser derrotado por inimigos ou obstáculos. No modo de dois(uas) jogadores(as) na mesma equipe, somente o(a) segundo(a) jogador(a) controla Dixie Kong.

Como personagem controlável dentro de fases, Dixie Kong é um pouco mais lenta e realiza saltos de menor altura que Diddy Kong. Ela é capaz de usar um ataque de giro no chão que pode derrotar inimigos sem proteção lateral. Dixie carrega barris e itens similares usando o rabo de cavalo, e os posicionando bem acima da cabeça dela. Isso permite ao(à) jogador(a) colocar a heroína, enquanto carregando qualquer objeto, abaixo de inimigos, e derrotá-los por simplesmente pulando quando eles entram em contato com o item. Dixie também possui um movimento único com o rabo de cavalo dela chamado "giro de helicóptero", ativado quando o(a) jogador(a) mantém pressionado o botão de giro quando ela está no ar. Ele diminui muito a velocidade de queda, permitindo à heroína atravessar buracos mais largos e controlar a direção de descida com maior precisão. Ela é a única capaz de ativar Barris da Dixie, Canhões de Barril com o rosto dela do lado de fora. Na versão para Game Boy Advance do mesmo jogo, Dixie também se move com maior velocidade quando escalando por cordas que Diddy Kong.

Dentro de fases, se o(a) jogador(a) deixar Dixie Kong parada por alguns segundos, ela vai fazer algumas bolas de chiclete, e depois se sentar no chão e tomar suco. Quando o(a) jogador(a) controla Dixie para cair sobre um Alvo de Final de Fase e receber um item ou derrotar um chefe, ela vai comemorar tocando uma guitarra usando o rabo de cavalo dela. Se Dixie é a única personagem presente, e ela é derrotada por inimigos ou obstáculos, exceto por cair em buracos, ela vai cair para trás no chão e começar a chorar. Geralmente, quando o(a) jogador(a) completa uma fase com Dixie na posição principal, o ícone da localização da fase no mapa do mesmo mundo vai exibir a cabeça dela. O mesmo ícone também será exibido na localização do mundo no mapa principal da Ilha do Crocodilo se o(a) jogador(a) derrotar o respectivo chefe com a heroína.

Depois do(a) jogador(a) completar seis mundos da Ilha do Crocodilo, Dixie e Diddy Kong irão chegar ao mundo The Flying Krock, onde eles confrontam o Kapitão K. Rool. Na fase de chefe, K. Rool Duel, os dois primatas irão encontrar Donkey Kong preso por cordas. Aqui, o(a) jogador(a) deve controlar os heróis para derrotarem o chefe. Após a batalha e o(a) jogador(a) receber uma Moeda Krem, K. Rool não será derrotado e irá ameaçar os dois Kongs. Donkey irá se libertar de suas cordas, e socar o vilão, jogando ele através do topo da aeronave, e fazendo ele cair no mar próximo a ilha.

Depois da cena de créditos da equipe de desenvolvimento do jogo, o(a) jogador(a) deve carregar o mesmo arquivo salvo, e coletar todas as Moedas Krem restantes do jogo, caso não tenha ainda. Elas devem ser usadas para pagarem Klubba em cada um dos Kiosques dele, e acessar cada uma das fases do Lost World. Depois que as mesmas fases são completas, a fase de chefe, Krocodile Kore, no mesmo mundo será liberada. Aqui, o(a) jogador(a) deve derrotar Kapitão K. Rool novamente. Depois da batalha, o(a) jogador(a) receberá uma Moeda DK, e o bacamarte[3] do vilão explodirá, o jogando na fonte de energia colorida ao fundo da fase. Com o fluxo da fonte bloqueado, toda a Ilha do Crocodilo irá tremer. Numa cena posterior, Dixie, Donkey e Diddy Kong podem ser vistos num penhasco da Ilha Donkey Kong, observando a Ilha do Crocodilo afundar no mar e Kapitão K. Rool escapar numa jangada.

Donkey Kong Land 2[]

Durante o jogo Donkey Kong Land 2 para Game Boy, o Kapitão K. Rool ergue a Ilha do Crocodilo do fundo do mar e sequestra Donkey Kong novamente, e Dixie e Diddy Kong vão resgatar o amigo outra vez.

Como em Donkey Kong Country 2, Dixie e Diddy Kong são os dois personagens controláveis deste jogo. Inicialmente, o(a) jogador(a) também deve invocar Dixie quebrando um Barril DK. Ela possui jogabilidade similar ao jogo anterior. Mas em razão de limitações do Game Boy, somente um(a) personagem controlável fica presente na tela por vez, mesmo se ambos estão disponíveis para o(a) jogador(a). Dessa maneira, a habilidade de se juntar, que permitia lançar um(a) Kong secundário(a) para alcançar locais ou itens no alto não está presente no jogo.

Após o(a) jogador(a) completar cinco mundos da Ilha do Crocodilo, os dois heróis eventualmente chegam a fase de chefe K. Rool Duel no mundo The Flying Krock. O(a) jogador(a) deve derrotar o chefe Kapitão K. Rool. Depois do vilão ser derrotado, Donkey Kong se liberta das cordas dele, e soca K. Rool, fazendo ele cair numa área na parte inferior da ilha.

Após a cena de créditos, o(a) jogador(a) deve carregar o mesmo arquivo de jogo salvo, e coletar quaisquer moedas restantes do total de quarenta e sete Moedas Krem do jogo. O(a) jogador(a) deve então visitar o único Kiosque do Klubba da ilha, e usá-las para acessar Lost World. Depois de completar todas as fases do mundo, o chefe Kapitão K. Rool pode ser enfrentado na fase Krocodile Kore. Depois do(a) jogador(a) vencer o vilão, ele(a) receberá uma Moeda DK. Mais tarde, numa cena posterior a mesma cena de créditos do jogo, Dixie, Diddy e Donkey Kong, sobre um penhasco da Ilha Donkey Kong, observam a Ilha do Crocodilo liberar explosões e afundar no mar.

Donkey Kong Country 3[]

Kiddy on Dixie Artwork - Donkey Kong Country 3

Arte de Dixie Kong carregando Kiddy Kong do jogo Donkey Kong Country 3.

Anteriormente aos eventos do jogo Donkey Kong Country 3, os Kongs ainda estão comemorando a vitória sobre o Kapitão K. Rool e o Kremling Krew. Em certo momento, Dixie Kong vai visitar Donkey e Diddy Kong, mas só encontra uma carta do namorado dela dizendo que ele e Donkey saíram para explorar a Ilha Donkey Kong. Alguns dias se passam, e os dois heróis não reaparecem. Dixie decide saltar de um penhasco da ilha em direção ao Kremisfério Norte para buscar seus amigos.

Neste jogo, Dixie Kong é também uma dos personagens controláveis, assim como Kiddy Kong. No início da versão para Super Nintendo Entertainment System do jogo, a heroína vai nadar pela água do mapa principal automaticamente e chegar a Caverna de Salvamento da Wrinkly, onde ela salvará o jogo do(a) jogador(a). Na versão para GBA do mesmo jogo, o(a) jogador(a) já vai tomar o controle da primata dentro d'água e deve movê-la para a costa. Em ambas as versões, o(a) jogador(a) deve ir para os Aluguéis do Funky, onde Funky Kong enviará Kiddy Kong, o primo dela, para ajudá-la na busca. Funky também emprestará um Barco a Motor para os dois heróis acessarem o primeiro mundo do jogo, Lake Orangatanga.

Dentro de fases, Dixie Kong é muito similar a como é controlada no jogo Donkey Kong Country 2: possuindo um ataque de giro no chão para derrotar inimigos sem proteção lateral, carregando itens com o rabo de cavalo bem acima da cabeça dela, e usando o movimento de "giro de helicóptero" para diminuir a velocidade de queda dela. Ela e Kiddy Kong possuem a mesma velocidade de movimento e alcance vertical de salto. Quando Dixie está na posição principal, e o(a) jogador(a) utiliza o movimento de se juntar, ela vai carregar Kiddy nas costas. Embora o alcance seja limitado devido ao peso do primata bebê, quando Kiddy é lançado no chão com esse movimento, todo o local vai tremer, e passagens ou itens escondidos perto do local de queda dele são revelados. Da mesma forma, caso o(a) jogador(a) queira alcançar um local mais alto, Kiddy deve ser colocado na posição principal, o movimento de se juntar deve ser usado, e Dixie deve ser lançada. Assim que ela aterrissar em qualquer superfície a certa distância, Kiddy logo a seguirá até o mesmo ponto, mesmo pelo ar.

Se o(a) jogador(a) deixar Dixie Kong parada por alguns segundos dentro de fases, ela vai realizar algumas bolas de chiclete. Quando a primata estiver sozinha e for derrotada por um inimigo ou obstáculo, exceto caindo em buracos, ela é lançada para trás, cai no chão e começa a chorar. Depois que o(a) jogador(a) completa uma fase com Dixie Kong usando a Bandeira de Fase, a bandeira na localização dentro do mundo será cor-de-rosa. A bandeira para o mundo também ficará cor-de-rosa quando a heroína é usada para derrotar o(a) respectivo(a) chefe.

Após o(a) jogador(a) completar seis mundos (na versão para SNES do jogo) ou sete mundos (na versão para GBA do mesmo jogo), Dixie e Kiddy Kong irão eventualmente chegar a fase Kastle KAOS do mundo KAOS Kore. Aqui, o(a) jogador(a) deve derrotar o chefe robô KAOS pela segunda vez. Depois que o chefe é vencido, o corpo do robô vai ser erguido para o alto e fora da tela por uma corrente. O Barão K. Roolenstein vai então aparecer e se revelar como criador de KAOS. Ele ficará zangado com os Kongs por derrotarem o robô dele, e vai atacar os heróis. O(a) jogador(a) deve também derrotar este vilão. No fim da batalha, o Barão K. Roolenstein será jogado contra um alçapão no plano de fundo da fase e o(a) jogador(a) receberá uma Moeda de Bônus. Na cena seguinte, o corpo de KAOS cairá no centro da arena, e Donkey e Diddy Kong sairão de dentro dele. Donkey mencionará que estava tendo um sonho com o maior monte de bananas do mundo, e que quando acordou, ele era um robô. Diddy dirá que eles não precisam mais se preocupar e tudo graças a Dixie. Donkey então dirá que está impressionado e que até mesmo Cranky Kong ficaria impressionado com a performance dela. Cranky aparecerá no plano da frente da fase, e responderá que, na verdade, não está impressionado. Dixie ficará zangada e dirá para Kiddy ir por um lado enquanto ela vai pelo outro. Os dois aparecerão de ambas as laterais do plano da frente, cercando Cranky. O primata idoso perguntará se os dois não teriam coragem de bater em alguém com óculos e olhará para a tela, exibindo um par de óculos.

Na próxima cena da versão para SNES do jogo, o Álbum de Fotos da Dixie irá exibir a maioria dos nomes de inimigos e personagens do jogo, separados por categorias. Enquanto na versão para GBA do mesmo jogo, a tela irá mudar diretamente para os créditos da equipe de desenvolvimento. Após os créditos na mesma versão, o(a) jogador(a) será mandado(a) para a tela de pontuação, exibindo os cinco melhores colocados de acordo com o tempo levado para completar o jogo e a porcentagem completa dele. O(a) jogador(a) também receberá um título pela performance atual.

Na versão para SNES, o(a) jogador(a) deve agora carregar o mesmo arquivo de jogo salvo, enquanto na versão para GBA, ele(a) só será mandado(a) para fora do mundo KAOS Kore. No momento, o(a) jogador(a) deve coletar sessenta e quatro Moedas de Bônus (na versão para SNES do jogo) ou oitenta e sete moedas (na versão para GBA do mesmo jogo) fora do mundo Krematoa. Então ele(a) deve visitar o urso Boomer no mesmo mundo para pagar por bombas para liberarem o acesso às quatro primeiras fases de Krematoa. Enquanto completando estas fases, o(a) jogador(a) deve também coletar as onze Moedas de Bônus finais e quatro Engrenagens em cada fase. Tendo as Moedas de Bônus finais do jogo, o(a) jogador(a) deve visitar Boomer de novo, e pagar pela última bomba para liberar a fase Rocket Rush. Com esta fase completa, e todas as cinco Engrenagens coletadas, Boomer deve ser visitado novamente para a máquina no interior da cabana dele ser ativada por estes itens. Do lado de fora, no mapa do mundo, todo o local ficará com tons da cor vermelha na versão para SNES ou somente o lago no centro na versão para GBA do jogo. Knautilus, o submarino secreto do Barão K. Roolenstein, também emergirá no mesmo lago. Os primatas devem visitar a fase de chefe e confrontar o vilão que ficará zangando pelo submarino dele ter sido revelado. Após o(a) jogador(a) derrotar o chefe, ele(a) receberá uma Moeda DK na versão para SNES ou uma Moeda de Urso na versão para GBA do jogo.

Caso já não tenha coletado, o(a) jogador(a) deve agora coletar todas as quarenta e uma Moedas DK (na versão para SNES do jogo) ou quarenta e seis moedas (na versão para GBA do mesmo jogo), e visitar os Aluguéis do Funky. Funky irá construir o Girocóptero, que permite os primatas voarem pelo mapa principal do Kremisfério Norte. O(a) jogador(a) deve voar para o norte do mapa principal, em direção a algumas nuvens. Aqui, os Kongs encontrarão a Rainha Pássaro Banana que explicará que foi aprisionada pelo Barão K. Roolenstein atrás de uma barreira mágica e que somente todos os filhotes dela reunidos podem libertá-la. O(a) jogador(a) deve agora encontrar as Cavernas de Pássaro Banana escondidas e restantes, e liberar os Pássaros Bananas. Depois de coletar todos os quinze Pássaros Bananas (na versão para SNES do jogo) ou vinte pássaros (na versão para GBA do mesmo jogo), o(a) jogador(a) deve visitar qualquer Caverna de Salvamento da Wrinkly na versão para SNES do jogo, ou ele(a) deve visitar o Retiro da Wrinkly, localizado próximo aos Aluguéis do Funky, na versão para GBA do jogo. Os Pássaros Bananas ficarão agitados e carregarão os heróis pelo mapa principal até chegarem às nuvens ao norte. No local, todos os pássaros cantarão juntos e quebrarão o cristal da barreira mágica, e libertarão a Rainha Pássaro Banana. Ela prometerá aos Kongs "dar uma lição" em K. Rool.

Na cena seguinte, o Barão K. Roolenstein aparecerá se movendo pelo mapa principal do Kremisfério Norte pilotando o Aerodeslizador. A Rainha Pássaro Banana surgirá em seguida, carregando os dois heróis, e perseguirá o vilão. Após alcançá-lo, a rainha botará um ovo gigante, que cairá sobre K. Rool e o parará. Dixie e Kiddy Kong cairão bem no topo do ovo e se sentarão nele. Mais tarde, Cranky Kong aparecerá ao fundo em esquis aquáticos, sendo puxado pelo Barco a Motor de Funky Kong. Ele realizará algumas manobras até o barco sofrer um acidente fora da tela. Cranky surgirá da água no mesmo plano e lado dos heróis, segurando um cartaz escrito "The End" ("o fim", em português brasileiro), indicando que este é o fim do jogo. Na tela seguinte, o(a) jogador(a) será enviado para a tela de pontuação do jogo, recebendo um título pela performance durante o mesmo.

Donkey Kong Land III[]

Durante o jogo Donkey Kong Land III para Game Boy, e logo após os eventos de Donkey Kong Country 3, Donkey e Diddy Kong descobrem sobre a competição para encontrar The Lost World do Kremisfério Norte e decidem participar. Não querendo ser deixada de fora, Dixie Kong leva Kiddy Kong com ela na aventura da mesma competição, e os dois exploram novas áreas da região.

Neste jogo, Dixie e Kiddy Kong também são os dois personagens controláveis. A heroína possui jogabilidade e mecânicas similares com as vistas em Donkey Kong Country 3, exceto pela ausência do movimento de se juntar que permitia arremessar o(a) Kong secundário(a). Isso é devido a limitação do sistema que não permite os dois personagens aparecerem ao mesmo tempo dentro de fases, com um(a) não seguindo o(a) outro(a) mesmo quando ambos estão disponíveis para o(a) jogador(a) controlar.

Após o(a) jogador(a) completar quatro mundos, os primatas chegam ao mundo Tin Can Valley. Aqui, os dois heróis devem enfrentar o Barão K. Roolenstein na fase K. Rool Duel. Depois do(a) jogador(a) derrotar o chefe e receber uma Moeda de Bônus, o barão fugirá para The Lost World. Uma cena exibindo os nomes da maioria dos inimigos e personagens presentes jogo virá a seguir e, então, a cena de créditos da equipe de desenvolvimento.

O(a) jogador(a) voltará imediatamente ao mapa do mundo Tin Can Valley, e poderá acessar The Lost World. Dentro de um cena curta após entrar no mundo, Barão K. Roolenstein dará os parabéns e dirá que subestimou os heróis por encontrarem este mundo, mas também os desafiará a alcançarem ele. O(a) jogador deve agora completar as seis fases deste mundo para chegar a fase de chefe K. Rool's Last Stand. Aqui, K. Rool vai propor uma nova aposta para os Kongs coletarem todos os seis Cronômetros, e quarenta e nove Moedas DK do jogo. Possuir setenta e sete Moedas de Bônus também é necessário para adquirir os itens mencionados. Assim que todos os itens são coletados, o(a) jogador(a) deve retornar a mesma fase de chefe, onde K. Rool deve ser enfrentado de novo numa batalha. Ao final, o(a) jogador(a) receberá outra Moeda de Bônus.

Na cena seguinte, o Barão K. Roolenstein dirá que não pode acreditar que foi derrotado, e dará de volta os seis Cronômetros para os primatas para que eles tentem completar Time Attack ("ataque de tempo", em português brasileiro). O(a) jogador(a) será enviado(a) para uma tela contendo doze fases e seus respectivos recordes de tempo. O(a) jogador(a) pode escolher e completar as mesmas fases em qualquer ordem. Se todos os recordes de tempo forem derrotados, o(a) jogador(a) será apresentado(a) com uma tela exibindo um troféu, a porcentagem completa do jogo, e parabéns pelo jogo completo.

DK: King of Swing[]

Dixieswing

Arte de Dixie Kong do jogo DK: King of Swing para Game Boy Advance.

No jogo DK: King of Swing para Game Boy Advance, Dixie Kong está presente na cena de abertura quando os membros da Família Kong percebem que com o roubo das Medalhas DK por King K. Rool, a competição Jungle Jam ("geleia da selva", em português brasileiro) não pode acontecer. Ao final do jogo, se o(a) jogador(a) conseguir coletar todas as vinte e quatro Medalhas DK, uma cena adicional, após os créditos da equipe de desenvolvimento, mostrará Dixie e os outros Kongs enquanto Cranky Kong declara Donkey Kong o herói da competição e todos eles celebram o gorila.

Dixie Kong é uma dos quatro personagens controláveis durante o modo Single Jungle Jam Tournament ("torneio único de geleia da selva", em português brasileiro), onde o(a) jogador(a) completa cinco eventos de minigames. Neste modo, Dixie possui um salto mais alto que os demais personagens, mas os ataques dela são mais fracos.


Diddy Kong Racing DS[]

No jogo Diddy Kong Racing DS para Nintendo DS, um remake do jogo Diddy Kong Racing, Dixie Kong é uma personagem controlável como piloto. Mas ela e Tiny Kong substituem os personagens controláveis Banjo e Conker, o Esquilo, respectivamente, do jogo original.

Donkey Kong Barrel Blast[]

Durante o jogo Donkey Kong Barrel Blast para Nintendo Wii, Dixie Kong é uma dos seis pilotos já disponíveis desde o início para serem controlados.

DK: Jungle Climber[]

No jogo DK: Jungle Climber para Nintendo DS, Dixie Kong faz uma aparição rápida durante a cena de abertura do modo Adventure ("aventura", em português brasileiro), onde a Família Kong foi passar as férias na Ilha Sol Sol.

Dixie é também responsável pelo modo Extra Stages ("fases extras", em português brasileiro), onde o(a) jogador(a) pode completar onze fases extras com Donkey Kong. No modo de múltiplos(as) jogadores(as), Dixie Kong é uma personagem controlável.

Donkey Kong Country: Tropical Freeze[]

No jogo Donkey Kong Country: Tropical Freeze, durante a cena de abertura, Dixie, Diddy e Cranky Kong se reuniram para comemorar o aniversário de Donkey Kong na casa da árvore. Mas, enquanto isso, do lado de fora, uma esquadra se aproxima da Ilha Donkey Kong. O grupo, conhecido como Snowmads, usa um chifre mágico para invocar um dragão de gelo. O dragão voa em direção a ilha disparando rajadas, congelando o mar e trazendo ventos fortes. Os Kongs saem da casa para testemunharem o que está acontecendo e são jogados para longe da ilha pelos ventos. O dragão congela o restante da ilha, e os Snowmads a tomam em seguida. Os primatas acabam caindo numa ilha distante, chamada Lost Mangroves.

No modo de um(a) jogador(a), Dixie Kong é inicialmente apenas uma personagem de assistência para Donkey Kong, este controlado pelo(a) jogador(a). Mas no Hard Mode ("modo difícil", em português brasileiro), um modo liberado após completar o jogo, logo que o(a) jogador(a) seleciona uma fase, ele(a) pode escolher entre controlar somente Donkey, Dixie, Diddy ou Cranky Kong durante a mesma fase. No modo de dois(uas) jogadores(as), o(a) primeiro(a) jogador(a) somente controla Donkey, e o(a) segundo(a) jogador(a) deve escolher entre Dixie, Diddy ou Cranky Kong como personagem controlável durante toda sessão atual. Geralmente, dentro de fases, durante o modo de um(a) jogador(a), Dixie pode ser invocada como personagem de assistência pelo(a) jogador(a) encontrando e atirando Barris DX. Similar a Barris DK nos dois jogos anteriores, Donkey Kong Country Returns e Donkey Kong Country Returns 3D, estes e demais barris de personagens restauram todos os corações da barra de saúde do(a) jogador(a). E logo que são quebrados, os Barris DX irão substituir qualquer personagem de assistência presente por Dixie Kong imediatamente. No modo Time Attack ("ataque de tempo", em português brasileiro), o(a) jogador(a) sempre começa controlando somente Donkey Kong no início de cada fase, mas pode invocar personagens de assistência se encontrar os respectivos barris de personagem. Além disso, assim que uma fase é selecionada no mesmo modo, o(a) jogador(a) pode escolher por manter os barris de personagem atuais dentro dela ou mudar todos eles para Barris DX ou os demais.

A respeito de jogabilidade, Dixie Kong possui velocidade e movimentos básicos similares aos demais personagens do jogo. Ela também possui o seu movimento pessoal, o "giro de helicóptero", mas aqui ele só proporciona à heroína um impulso ascendente e limitado no ar. O movimento é ativado uma única vez pelo(a) jogador(a) pressionando o botão de salto quando ela está no ar. O tempo pelo qual o mesmo botão é pressionado também influencia a altura alcançada por Dixie. O "giro de helicóptero" permite à primata alcançar locais e itens em pontos mais altos, atravessar buracos largos ou evitar a queda dentro dos mesmos. O mesmo movimento pode ser usado por Dixie quando ela está montada nas costas de Donkey Kong para carregar ambos ou quando ela está por si mesma. Para o movimento de bater no chão, usado quando ela é controlada individualmente, Dixie usa o rabo de cavalo dela para atingir o chão, e quando o mesmo movimento é usado no ar, ela atira projéteis saltitantes na direção que a Kong está encarando. Estes projéteis podem atordoar alguns inimigos do jogo por alguns instantes após atingí-los.

Depois que o(a) jogador(a) completa cinco mundos, os Kongs finalmente retornam à Ilha Donkey Kong. A ilha está coberta por uma camada espessa de neve, sendo possível se mover entre locais dela somente por Canhões de Barril. Logo que o(a) jogador(a) chega a fase de chefe Volcano Dome, ele(a) tem que derrotar Lorde Fredrik, o Rei Snowmad. Após a batalha, os Snowmads são expulsos da ilha, e Donkey Kong usa o chifre mágico de Fredrik para devolver o clima original ao lugar. Então, os heróis comemoram a vitória deles tocando instrumentos musicais do lado de fora da casa da árvore.

Em Funky Mode ("modo do Funky", em português brasileiro), um modo de menor dificuldade presente somente na versão para Nintendo Switch do jogo e onde o(a) jogador(a) somente controla Funky Kong, Dixie Kong não está disponível nem mesmo como personagem de assistência para Funky.

Série Animada Donkey Kong Country[]

Dixie Kong também está presente na série animada Donkey Kong Country. Mas ela não aparece em muitos episódios. Aqui, ela tem aparência similar a versão vista nos jogos da série Donkey Kong, exceto por usar uma camiseta regata da cor azul clara, com a figura de uma flor da cor branca na frente. Na mesma série animada, Dixie também é a namorada de Diddy Kong.

No episódio da primeira temporada "Klump's Lumps" ("caroços do Klump", em português brasileiro), Dixie perde a lagosta de estimação dela, chamada Thermidor, e encontra o General Klump na selva. Ele estava chorando por ter sido expulso pelo King K. Rool do grupo deles depois de tantas falhas em roubar o Coco de Cristal, e Klump também diz que não tem nenhum amigo. Dixie acaba ficando com pena e diz que vai ser a amiga dele. O ex-general tenta ajudar os Kongs consertando coisas ou acordando todo mundo com um trompete durante manhãs, deixando os primatas incomodados. Depois que Klump ouve sobre os problemas que causou, ele decide ir embora. Mais tarde, ele encontra K. Rool na selva e implora para ser aceito de volta no grupo, que o rei concorda em troca do ex-general trair os Kongs e roubar o Coco de Cristal. Enquanto, Donkey, Diddy e Cranky estão ocupados com um barril explosivo na Fábrica de Barris, Klump tenta roubar a relíquia, e é confrontado por Dixie que começa a gritar por socorro. Mas o Kremling se atrasa de propósito esperando Donkey e os outros retornarem e o impedirem, enquanto K. Rool observa escondido de trás alguns arbustos. Depois que os heróis retornam, eles espantam os Kremlings, protegendo o Coco de Cristal. Algum tempo depois, Dixie caminha pela selva, e consegue encontrar a sua lagosta Thermidor com um bilhete agradecendo por tudo. Pela escrita, ela percebe que é um bilhete do General Klump. Quando Dixie vai embora, o choro do general pode ser ouvido de trás de um arbusto próximo.

Atrizes de Voz[]

  • Idioma francês: desconhecida (na primeira temporada) e Annie Barclay (na segunda temporada)
  • Idioma inglês: Stevie Vallance
  • Idioma japonês: Becky
  • Idioma português brasileiro: Maria Angélica Santos Cruz[4]

Curiosidades[]

  • Desde o ano de 2005 até o presente, Kahoru Sasajima tem sido a atriz de voz de Dixie Kong na maioria dos jogos lançados neste período. Mas, similar a maioria dos demais personagens nestes jogos, Dixie não tem diálogos por voz, ela somente possui expressões vocais, como alegria ou choro.

Referências[]

Advertisement