Wiki Donkey kong
Advertisement

"Buried Treasure" ("tesouro enterrado", em português brasileiro), conhecido como "O Tesouro Enterrado" no Brasil, é o oitavo episódio da primeira temporada da série animada Donkey Kong Country. A história do episódio é de autoria de Erika Strobel e foi escrito por Bob Ardiel, e teve estreia na França em 4 de outubro de 1997.

Sinopse[]

Cranky Kong está relaxando na praia durante o retiro de uma semana dele e se sentindo grato pela solidão de não ter ninguém por perto para incomodá-lo. Mas enquanto ele está deitado numa cadeira de praia, algumas abelhas estão voando em torno de uma garrafa de bebida. Ele as espanta, mas logo em seguida um enxame maior dos insetos chega e o gorila idoso fica agitado tentando espantá-las enquanto também sendo picado.

Ao mesmo tempo, Donkey Kong e Diddy Kong estão na plantação de bananas comendo e conversando. Os dois heróis mencionam como Cranky deve está aproveitando as férias dele ao máximo sem ninguém para incomodá-lo. Depois de Diddy perguntar o que eles farão hoje, Donkey nota o avião de Funky Kong fazendo acrobacias no céu enquanto o gorila surfista se equilibra nas asas e pergunta se os dois querem ir "surfar". Donkey fica muito animado e começa a pular várias vezes, mas o gorila acaba escorregando numa casca de banana no chão e colidindo contra uma bananeira. Diddy pergunta se ele está bem, e Donkey responde que sim, mas que tem "algo preso no osso da bunda" dele: uma garrafa velha com uma mensagem dentro. Depois que Funky já pousou o avião próximo deles, Donkey abre o recipiente e descobre que a mensagem é na verdade um mapa com um xis marcado. Diddy diz que o xis leva ao tesouro. Donkey e Funky começam a fazer trocadilhos com palavras contendo a letra xis, e o gorila herói responde para Diddy que não tem "xis" em "tesouro", deixando o pequeno Kong zangando. Diddy conclui que o xis marca o local de um tesouro enterrado. Com Diddy e Funky ficando animados e achando que o tesouro pode levar a fama e fortuna, Donkey diz que não pode ir com eles porque tem um encontro com Candy Kong. Os dois tentam fazê-lo mudar de ideia através de uma canção, dizendo ser uma chance única e, finalmente conseguem, quando falam que com o tesouro, Donkey vai poder comprar qualquer presente que quiser para Candy. Convencido, o gorila herói manda Funky ligar o avião e os três partem. No entanto, Bluster Kong, que estava na plantação de bananas procurando por uma moeda perdida, escuta Donkey mencionar eles irem numa caça ao tesouro. Ele decide também buscar o tesouro para se tornar o macaco ainda mais rico da ilha.

Na Fábrica de Barris, Bluster está na cabine do helicóptero dele preparando o veículo para levantar voo, enquanto mencionando que alguém sem imaginação como Donkey provavelmente usaria o tesouro para comprar uma camionete para carregar as bananas dele. Depois que o avião de Funky passa pelo céu acima dele, Bluster é notado por Candy e Dixie Kong. A primeira pergunta onde Donkey está indo. Bluster tenta convencê-la que só está alucinando, mas acaba mencionando por acidente que o herói está indo numa caça ao tesouro. Candy fica zangada que Donkey não apareceu para um encontro com ela por causa de um tesouro, mas Dixie a convence sobre elas mesmas buscarem por ele. As duas também entram no helicóptero, forçando Bluster a levá-las junto.

No mesmo momento, na câmara no topo do lar dos Kremlings, King K. Rool está a ponto de alcançar a melhor pontuação dele num jogo de computador enquanto Krusha observa. Mas o General Klump interrompe o jogo ao estabelecer comunicação pelo mesmo monitor. Muito frustrado, o rei dá um grito alto que ecoa pelo esconderijo e, em seguida, destrói o monitor. Enquanto K. Rool recupera o fôlego, Klump decide estão falar por um telefone portátil que Krusha atende. Com o general prometendo uma notícia que vai deixar o rei "verde em torno das guelras", K. Rool manda ele se calar e dar o relatório de campo de "negócios de macaco". Klump informa que avistou os Kongs se dirigindo às minas na montanhas procurando por um tesouro. Irritado com os dois subordinados por acharem que os primatas estão procurando por pedras, K. Rool acha que o tesouro possa ser uma arma de destruição capaz de destruir toda a ilha. O rei pergunta para Krusha o que isso tudo significa, e o Kremling musculoso responde que os macacos vão ter o domínio supremo sobre a ilha de Kongo Bongo e provavelmente vão transformar os vilões em bolsas de couro combinando. Surpreso com o momento de bom senso de Krusha, o rei proclama que o grupo deles terá a arma antes dos Kongs e vai conquistar a ilha. Antes de partir da câmara, K. Rool ainda ouve a voz do General Klump saindo do telefone e ordena que Krusha cuide do dispositivo. Depois que o rei sai por uma porta, é possível ver a sombra de Krusha pulando e esmagando o telefone.

Funky, Donkey e Diddy estão sobrevoando a selva em busca do tesouro enquanto indo pela direção errada, fazendo manobras perigosas, perdendo todas as bananas de Donkey e voando com o avião de cabeça para baixo. Com Funky achando que as árvores são nuvens verdes e que o céu é água, Diddy é quem esclarece assustado que a aeronave é que está na posição errada. O gorila surfista pede para o pequeno primata se acalmar e que a primeira coisa da lista dele para comprar com o tesouro é uma bussola. Enquanto seguindo o avião no helicóptero, Candy menciona que vai comprar a Fábrica de Barris com a parte dela do tesouro, mas Bluster diz que todo o tesouro é dele e que ela só está pegando carona. Enquanto os dois discutem ameaçando tirar o emprego na fábrica um do outro, Dixie tenta avisá-los que o helicóptero de barril está indo na direção oposta do avião do Funky. A pequena Kong então puxa uma alavanca para mudar o helicóptero de direção e Bluster consegue evitar por muito pouco que o veículo colida contra algumas árvores.

Enquanto isso, na praia, Cranky conseguiu prender as abelhas de mais cedo dentro da garrafa de refrigerante de banana com uma rolha. Depois de deitar na cadeira de praia de novo, ele menciona que agora ninguém vai arruinar as férias dele. Mas um grupo de formigas rouba alguns sanduíches dele, e o gorila idoso sai em perseguição delas pela praia gritando com os insetos ladrões.

Nos túneis das minas abaixo das Montanhas Brancas, K. Rool está viajando num Vagão de Mineração com Krusha, que está controlando o veículo. O rei se gaba que apesar dos Kongs saberem como viajarem pelo ar, ninguém conhece o subterrâneo da ilha como ele. Ele gargalha e manda Krusha virar à esquerda. Mas quando o Kremling musculoso obedece, isso causa uma colisão, com K. Rool respondendo que na verdade quis dizer "direita". Ao mesmo tempo, Funky, Donkey e Diddy agora sobrevoam as Montanhas Brancas, com os dois heróis mencionando como a neve parece grossa e o local rochoso. Mas, de repente, o motor do avião começa a falhar por falta de combustível e a aeronave então cai em direção ao chão. Com Funky dizendo que não pode ir para cima ou virar, mas que pode surfar nas correntes de ar, Donkey percebe a entrada de uma mina, e pede para o gorila surfista tentar guiar o avião em direção ao local. Enquanto Donkey pergunta se Funky não tem uma reserva de combustível e se não pode usar os freios para parar, o avião viaja por parte do túnel e colide contra um portão. Mas os Kongs saem do veículo sem sofrerem nenhum ferimento. Funky e Diddy ouvem barulhos estranhos, achando pertencerem a um terremoto ou monstro guardando o tesouro. Donkey responde que é o estômago dele ficando vazio e que trocaria a parte dele do tesouro por uma banana madura. Diddy pede para o gorila aguentar por estarem a alguns passos do tesouro.

Bluster logo já aterrissou o helicóptero de barril próximo à entrada do mesmo túnel nas Montanhas Brancas. Ele fala que haverá muitos perigos dentro da mina escura, dizendo que Candy e Dixie ficarão seguras esperando do lado de fora. Mas antes que ele perceba, as duas já entraram no túnel e confirmam estarem no caminho certo para o tesouro ao acharem o avião de Funky. Bluster as segue, declarando ser o tesouro dele. K. Rool e Krusha percebem as duas Kongs passando pelo túnel, mas o rei promete que a ilha será dele assim que os primatas encontrarem a arma de destruição que ele acredita ser o tesouro e ele tomar deles. Donkey, Diddy e Funky finalmente chegam ao local final do xis no mapa: uma interseção de túneis de trilhos de vagões. Diddy e Funky estão otimistas e acham que só precisam procurar pelo tesouro ali. Mas Donkey se sentindo fraco por falta de comer bananas e diz que não achariam o tesouro nem se eles caíssem sobre ele. Ele então cai sobre uma pilha de pedras, e uma pedra marcada com um xis rola até Diddy. O pequeno primata declara que Donkey conseguiu achar o tesouro e um pequeno barril também marcado com um xis pode ser visto no meio da pilha. Ficando animado, o gorila diz que finalmente vai poder dar o maior presente de todos para Candy, que chega ao lugar em seguida e agradece. Mas ela diz que agora pode comprar a Fábrica de Barris para não ter que trabalhar mais para Bluster. Ele também aparece e anuncia que vai comprar a ilha para que todos tenham que trabalhar para ele. Mas Funky diz que precisa consertar o avião dele. Enquanto Diddy e Dixie observam em silêncio os quatro discutindo, todos ficam surpresos e assustados com K. Rool e Krusha chegando à interseção, e o rei mencionando o "dispositivo de destruição" dele. K. Rool explica que com o dispositivo será mais fácil tomar a ilha por simplesmente ameaçando usá-lo, mas que ele pode acabar fazendo ainda assim porque "poder absoluto corrompe absolutamente". Ele exige que os Kongs entreguem o dispositivo para que ele possa ir embora e se tornar o novo ditador deles, mas Funky informa que as garotas já fugiram com o pequeno barril num vagão de mineração. K. Rool ordena que Krusha pegue um vagão e persiga as Kongs, mas o Kremling musculoso obedece deixando o rei para trás. K. Rool persegue o veículo a pé ordenando Krusha a parar, que ele obedece mas acaba colidindo de novo. Donkey declara para Diddy que se o tesouro é realmente o que K. Rool diz ser, a única maneira de salvar Candy, Dixie a toda a ilha é recuperando ele antes do rei, e diz para os dois partirem. Funky também começa a partir, com Bluster desejando boa sorte para ele. Mas o gorila surfista responde que eles devem fazer o que Donkey disse. Antes que Bluster consiga responder falando que é "meio desajeitado com dispositivos de destruição", Funky o arrasta para seguir K. Rool.

Viajando no vagão pelos túneis, Dixie pergunta a Candy o que ela acha que K. Rool estava dizendo. Ela responde que não importa e que quando ele tiver terminado de falar, as duas já serão donas da Fábrica de Barris. As duas Kongs então começam a cantar sobre o que farão com o tesouro. Com outras duplas em vagões também se juntando, eles conseguem roubar o tesouro uns dos outros múltiplas vezes. Após a canção, Candy recupera o barril, e acha que ela e Dixie estão próximas à saída das minas, mas tudo o que a pequena Kong consegue ver é céu azul. O vagão delas chega ao final dos trilhos num penhasco, mas elas conseguem parar bem antes de caírem. No entanto, o vagão de Donkey e Diddy colide contra o vagão delas, fazendo o barril cair nas mãos do gorila, o vagão de Candy e Dixie caírem, e o vagão deles também ficar à beira do penhasco. O mesmo acontece quando o vagão de Funky e Bluster também colide contra Donkey e Diddy, e Bluster consegue pegar o tesouro. Mas, por medo, ele o joga para K. Rool antes do vagão do rei e de Krusha colidir contra o dele e de Funky. K. Rool fica feliz por finalmente ter o barril nas mãos, mas logo em seguida, o vagão dele também cai do mesmo penhasco.

Com todos tendo caído com os seus vagões, eles chegaram à uma praia. Candy pergunta o que Donkey fez com o tesouro dela, mas ele diz não ser um tesouro mas uma arma que K. Rool quer usar para conquistar a ilha. Com o rei confirmando isso e exibindo o pequeno barril, Dixie diz para o gorila herói não ficar parado e usar os músculos dele para deter os vilões. Mas Donkey não pode por estar com uma "deficiência séria de bananas". Enquanto declarando o triunfo dele, K. Rool tem dificuldade em abrir a tampa do barril, e pede ajuda para Krusha. Em seguida, o rei tira um pedaço de papel do recipiente, achando serem instruções. Uma mensagem no papel diz para tirar as mãos do tesouro dele, assinada por Donkey Kong. O gorila então se lembra que era o tesouro dele que ele guardou ali, incluindo a mensagem e o mapa. Diddy fica surpreso por ele não se lembrar, mas Donkey responde ter sido há muito tempo atrás, quando ele era um macaquinho brincando de pirata e escondendo os "tesouros" dele. Os dois Kremlings cheiram o barril e começam a tossir. Donkey revela que o tesouro dele só poderiam ser bananas. Os presentes ficam enojados por perceberem a idade avançada das frutas no barril. K. Rool menciona que apesar da situação, ele pode agora se livrar de Donkey. Mas, de repente, todos ouvem sons de protestos debaixo de um vagão caído de cabeça para baixo. Krusha remove o veículo e revela Cranky ainda deitado na cadeira de praia dele. Donkey pergunta o que o gorila idoso está fazendo ali, mas Cranky responde zangado e perguntando o que todos eles estão fazendo interferindo nas férias dele. K. Rool, se sentindo cansado pelo dia longo, pede para Krusha cuidar deles, e decide beber o refrigerante de banana de Cranky. O Kong idoso não se importa e diz para o rei aproveitar, enquanto não avisando sobre as abelhas presas dentro da garrafa. Os insetos começam a picar o interior da boca de K. Rool de forma agressiva, fazendo o rei sair correndo, com o Krusha indo atrás dele. Cranky também decide ir embora para casa para ter um pouco de paz e sossego. Apesar de terem que abandonar os sonhos deles de comprarem a Fábrica de Barris e um presente, Candy e Donkey percebem que não precisam de tesouro enquanto tiverem um ao outro. Dixie gosta do ar de romance, mas Diddy fica enojado. Os dois pequenos Kongs decidem ir embora. Mas debaixo de outro vagão caído de cabeça para baixo, Funky e Bluster podem ser ouvidos. O gorila surfista diz que talvez os Kremlings tenham ido embora da ilha e os dois só devem sair quando alguém disser que é seguro. Com Bluster achando que isso pode demorar, Funky sugere que os dois tentem se conhecer melhor enquanto isso. O gorila surfista irá revelar o "nome do meio" dele se o outro também fizer isso. Bluster então começa a bater no vagão, gritando por socorro, dizendo que prefere correr o risco de enfrentar os Kremlings.

Canções[]

  • Riches Galore (Let's Go!) ("riquezas em abundância (vamos lá!)", em português brasileiro)
  • All I Want ("tudo o que eu quero", em português brasileiro)

Curiosidades[]

  • Como no episódio "Kong for a Day" ("Herói por um Dia", no Brasil), durante uma cena onde Diddy Kong fica zangado, ele joga o boné no chão e o pisoteia, sendo uma referência ao gesto similar exibido pelo mesmo personagem no jogo Donkey Kong Country quando ele falha em completar uma Sala de Bônus.
Advertisement